30 de dez de 2016

Um 2017 Brilhante para todos nós!

Olá!

Tenho pensado nessa mensagem para encerrar o ano há dias. E, como muita gente, eu estava com os ânimos alterados faz tempo. Eu ia encerrar o ano de 2016 com um "textão", cheio de questionamentos. Eu, que não sou fã de usar imperativos, (qualquer hora posso até escrever sobre este tema, mas não hoje) estava caminhando para este lado. Pois é. Foi um ano difícil, pesado, arrastado (alguém ouviu dizer aquele clássico "nossa, passou voando"? Eu não!).

Mas nesta última semana eu consegui desacelerar. Parte porque eu queria e parte por conta de um super-piriri-intoxicação-alimentar que eu e o marido tivemos (e já estamos bem, graças a Deus!). Com um tempinho a mais para pensar, vi que não era assim que eu queria encerrar o ano por aqui.

Nós dois estamos nos preparativos para a chegada de 2017 do melhor jeito: cuidando de cada detalhe para receber nossa família em casa e fazendo vários itens à mão. Está sendo muito gratificante! Os toques de prateado, branco e pitadas de outras cores estão chegando à nossa varanda, que finalmente vai receber o brilho merecido depois de tantos anos sendo preterida por outras áreas da casa.

Já estão brilhando as luzes novas da varanda que o marido preparou!

 
Vasinhos feitos em casa à espera das flores. 
Toalha de mesa prateada e branca. Vem 2017!

Foi aí que me deu este estalo: quero que 2017 seja um ano brilhante! De ideias, de amor, de paz. Por conta de tudo que andamos vivendo, desejo mais respeito entre as pessoas, desejo mais tolerância com o próximo e com as escolhas dele, desejo menos ganância.

Em um ano que várias pessoas brilhantes morreram (nem preciso dizer que algumas delas me fizeram chorar), que o nosso brilho faça a diferença. Que a gente seja brilhante com as nossas mãos inquietas e com as nossas mentes criativas.

 
Brilhe em 2017!

Eu acredito em trabalho de formiguinha, sou uma otimista. Quero fazer o meu melhor por este novo ano e espero que você tenha esta força, que você tenha este brilho também!

Feliz 2017!

Um beijo,
Katia

20 de dez de 2016

37 anos

Olá!

No último domingo eu comemorei a chegada dos meus 37 anos. Pessoalmente, os 36 foram bons, mesmo tendo vivido este ciclo num ano tão estranho como 2016 (este que felizmente está chegando ao fim).

Aquela reflexão que as pessoas costumam fazer ao final do ano para mim costuma chegar um pouco antes, pois já me pego pensando um tempinho antes do meu aniversário. Acho que na verdade eu penso duplamente, rs! É pensar sobre o novo ciclo da minha vida e o novo ciclo determinado pelo calendário, já que são tão próximos, sabe?

Cheguei aos 37 anos com uma sensação controversa, pois muitas coisas boas me aconteceram ao passo que outras situações bem difíceis também. Mas de alguma forma, mesmo achando que não seria possível devido ao contexto dos dias atuais, tenho me sentido um tanto em paz.

Neste último ano, resolvi colocar o pé no freio. Fiquei muito tempo em casa, quietinha no meu canto. Aprendi a apreciar ainda mais o silêncio, aprendi a apreciar mais a minha própria companhia, aprendi a aceitar que almoços e cafés da tarde sucessivos estando sozinha não queriam dizer menos amor por parte de quem eu amo e de quem me ama também, só estamos vivendo em tempos diferentes.

Este foi um ano em que resolvi produzir menos e melhor. Priorizei utilizar os materiais que já tinha em casa para não acumular ainda mais coisas no ateliê. Resolvi colocar em prática algo que queria faz tempo, mas que demandava uma porção de mim que não estava disponível antes: a porção de publicitária. Fiquei bastante tempo no computador e menos tempo na máquina de costura. Aos 36 anos, depois de vários anos de formada e de alguns anos "fora do mercado", percebi que a publicitária nunca saiu de mim, mesmo que a costureira tenha se sobressaído nos últimos anos. A cada post do blog, está por trás a publicitária que ama escrever e que se encontrou nas costuras e nas manualidades. 

Enfim, chego aos 37 feliz, tranquila por algumas realizações e já ansiosa pelas próximas. Foi um ano de redescobertas e, por isso, muito intenso internamente, apesar de um certo silêncio exterior. Senti falta de comparecer aos inúmeros eventos e encontros craft que aconteceram ao longo do ano, mas o recolhimento valeu a pena.

Nem me cobrei tanto pelo meu auto-presente de aniversário, quase uma instituição desde que comecei a costurar. Ainda estou tricotando uma blusa, ou seja, não ficou pronta para o almoço em família do último domingo. E tudo bem, pois quando ficar pronta ficarei igualmente feliz em usá-la, independente da data.

 
Adivinha quem comprou tequila (inspirada por Grey's) e muitos limões pro aniversário, esqueceu e ficou só na cerveja?! Rs!


 
Aniversário com a família, com bolo, velinha e brigadeiro. 
Preciso de mais nada! 
(Foto da minha querida prima Fernanda!)

A blusa está sendo feita enquanto faço uma maratona de Grey's Anatomy na Netflix, minha série preferida da vida. Já chorei um monte, já ri, já pensei na vida, tudo isso enquanto tricoto. Deixei a ansiedade de ter que acompanhar todos os lançamentos na TV ou na Netflix e me rendi ao prazer de tricotar enquanto vários episódios antigos da minha série mais querida passam na tela. Vi que fazia parte do meu recolhimento, da minha ansiedade sendo controlada.

Minha companhia craft nos últimos tempos, junto com Grey's Anatomy. 
Falta pouco agora, mas ficará pronta no seu devido tempo.

Por isso que, ao passo que a blusa cresce e as temporadas seguem, estou meio ausente das redes sociais. Descobri recentemente que existe um negócio que chama Fear Of Missing Out  (FOMO, ou medo de ficar "por fora") e que eu vivi isso por um tempo.

Quando eu decidi não ficar no Snapchat ou no Instagram Stories durante as férias em novembro, tanto para postar quanto para assistir, não senti tanta falta. Tudo de lindo que vi foi registrado pela minha câmera e pouca coisa pelo celular. Quando voltei para a casa, permaneci acessando menos e, adivinha, não fiquei mal. Precisava de uma pausa na vida rotineira para perceber isso. Já o olho no olho tem sido especialmente importante! Tantos bons encontros têm acontecido ultimamente e eu nem lembrei de pegar o celular para fazer uma selfie, rs! Mas aos poucos vou retomar a vida digital nas redes que eu realmente gosto de estar presente, tá?!

Enfim, chego aos 37 renovada e eu acho que estava realmente precisando disso! As minhas resoluções para 2017 estão diretamente ligadas ao meu momento pessoal e o resultado eu vou mostrando por aqui, pode deixar!


"Slow down, you crazy child
Take the phone off the hook and disappear for a while
It's all right you can afford to lose a day or two"

Dedico esta linda música para você que está aqui comemorando comigo! (Letra e tradução aqui).


Beijos e obrigada pela companhia!
Katia

15 de dez de 2016

Modelagem - Gola Peter Pan

Oi, gente!

Esse último feriado foi extremamente produtivo sob o ponto de vista costurístico! Deu tempo de assistir alguns vídeos e, entre eles, alguns sobre a famosa gola Peter pan.

Eu já fiz alguns vestidos com essa gola, mas nunca havia modelado uma. Então, para praticar e também para usar um tecido amarelo que eu queria costurar, decidi fazer um vestido novo pra Julia.

O molde do corpete foi o mesmo do vestido de Papoulas (com o molde Holiday Dress do Blog Shwin & Shwin), que eu já postei aqui para vocês.

Fiquei pensando se colocaria mangas ou algum detalhe diferente e sem querer comecei a assistir os vídeos que falei acima.

Vi que modelar essa gola não é nenhum bicho de sete cabeças e que dá pra fazer sempre, a partir de qualquer molde de decote que você queira.

O bacana são as possibilidades, pois não dá para fazer apenas as golas redondinhas, mas também criar outras, fazer golas assimétricas, com desenhos de bichos, enfim, muitas possibilidades.


Vídeos de Referência

Comecei por esse aqui da Patria da Costura, que está super bem explicado e já tive uma boa base.

 

Depois assisti o vídeo da Pat Cardoso, a minha eterna mestra da costura, e parti para a ação:



Modelagem e costura

Traçar foi bem simples, cortei o molde e em seguida já cortei em um tecido de teste para ver como ficava.

 

 
Modelagem pronta!


O teste deu super certo, então parti para o vestido amarelo, começando pelo corpete que fiz forrado. Apliquei a gola, picotei toda a margem de costura do decote, sem pegar na costura, para ter um bom caimento, pois são várias camadas de tecido. Terminei por fazer uma saia de corte reto e franzida. Bem simples mas, com os acabamentos bem feitos, produziu um resultado muito bom!

 
Vestido pronto!

Já estou pensando na próxima peça com essa gola e na próxima modelagem que quero traçar... mas é surpresa! Em breve venho mostrar para vocês!

Beijoca,
Ana

12 de dez de 2016

Look do Dia: Casaco de Lã com Capinha!

Olá!

No resumo das costuras do mês de novembro (aqui) deve ter dado para reparar que eu estava costurando/tricotando peças quentinhas em plena primavera, não é?! Mas era por um bom motivo, eu queria usá-las nas minhas férias!

Eu e o marido viajamos por duas semanas, sendo que na primeira ele estava trabalhando e na segunda não. Isso influenciou diretamente nos destinos a visitar, assim como do ritmo de cada parte da viagem!

Entre a viagem de Montevideo (os posts são este, este, este e este!) e a viagem de férias, foram três semanas em casa, o suficiente para que eu desse um gás nas produções para levar na mala.


Casaco de Lã com Capinha

A primeira peça estreada foi um casaco de lã com capinha que estava com os materiais comprados desde que planejei o meu armário handmade de inverno. Não tinha conseguido costurar a tempo de usar no frio de São Paulo deste ano, mas não desisti dele (até porque com os materiais em casa não dá para desistir, né?!).

O molde é o Watson Jacket, da Papercut Patterns, comprei junto com o molde da minha querida jaqueta Bomber florida (ou seja, faz tempo que estava aqui, já que a jaqueta tem quase dois anos que costurei, post sobre ela aqui).

Eu não tinha muito tempo para fazer uma peça piloto, então confiei nas minhas medições de partes críticas do molde - como as mangas - e nas medidas da peça finalizada que estão nas instruções e fui direto para os tecidos definitivos.

A parte externa é de lã, não muito grossa. O forro é de algodão para quilt. Seguindo uma dica super boa da Rachel Pinheiro, usei um tecido acetinado no forro das mangas, para ajudar a deslizar na hora de vestir. Eu tinha um retalho de alpaseda em casa que deu conta. Para estruturar o casaco, usei entretela MX, super boa de aplicar (porque tem umas entretelas por aí que só rezando muito para ficarem bem aplicadas!)

A lã pronta para ver a tesoura e o modelo!

Aqui, durante a montagem da capa, dá para ver bem o algodão do forro!

A montagem do casaco tem várias etapas, principalmente por causa da capa externa e também dos recortes da frente e do leve peplum nas costas. Adorei este último detalhe pois ajuda a peça a ficar mais acinturada na medida certa para o meu corpo! As instruções (em inglês) são muito bem ilustradas, o que me ajudou a fechar a peça sem grandes dificuldades.

 
O apego já era tanto que até tirar foto do forro já montado eu tirei, rs!

Curiosidade: por incrível que pareça, tive dificuldades de achar botões para o casaco, na cor vinho. No primeiro armarinho que fui, trouxe botões que tinha até gostado, mas ainda quis procurar mais um pouco. Estive em mais três armarinhos que praticamente não tinham botões nesta cor, acredita? Aí fiquei com os botões que eu já tinha comprado e no final gostei deles, rs!

 
Uma dificuldade: achar variedade de botões vinho!

Enfim, o casaco superou as minhas expectativas! Ficou pronto mais rápido do que eu pensei e eu amei o resultado!

Gola Peter Pan e a capinha que sai dos recortes frontais.

 Atrás, a capinha e o recorte com peplum, que deixa o casaco mais comprido e acinturado.

Amei o efeito da estampa do forro!


Passeio Craft

Logo que cheguei a Paris (que delícia), já fiquei pensando num bom dia para usar o casaco, pois queria que o Ricardo pudesse fotografar para mostrar aqui, hehehe!

Aproveitei um dia mais calmo dele, em que fomos à Anna Ka Bazaar, passeamos um tanto entre Saint-Germain-des-Pres e depois fomos andando meio a toa em direção a Montparnasse. Adoro dias assim, sem muito roteiro!

Anna Ka Bazaar: loja que adoro no 11o Arrondissement!

Compras na Anna Ka: Enfeites de papel (quero usar no Reveillon aqui em casa), washi tapes natalinas, um alfinetão de metal para decoração e um corte lindo de viscose para uma blusa!


Look do Dia

O casaco deu conta do frio durante o dia, mas ao entardecer, passei um tiquinho de frio, rs! Para o frio de São Paulo, vai dar conta sem problemas, já em locais em que no outono faz mais frio que o nosso inverno, no mínimo eu teria que colocar uma daquelas camisetas térmicas por baixo do tricô que eu vestia (e que não foi o caso. #aprendizados). Ou, talvez, forrar com algo mais quente.

 

 

OBS: foto de bastidor que ficou bonita, rs!

Capinha que tira o casaco do comum e ajuda a esquentar as costas e os ombros.

 Olha o forro da capinha aparecendo, achei charmoso!

Casaco de Lã com Capinha: Lã e entretela MX compradas na GJ Tecidos (Centro - SP), algodão importado para quilt e alpaseda do meu acervo. Molde Watson Jacket da Papercut Patterns (Nova Zelândia). Botões do Zuza Armarinhos (Pinheiros - SP)
Calça Jeans: C&A
Tênis: Farm para Adidas

Durante o dia em que estreei o casaco, percebi duas coisas: as mangas precisam ser ajustadas, pois estão um pouco longas, o que dá para resolver. E eu senti falta de bolsos. Como fiz o casaco na pressa, não alterei o projeto para colocar bolsos e, agora, acho que vou colocar pelo menos um bolso aplicado (como os bolsos traseiros de calça jeans, sabe?) na parte interna, à mão mesmo. Assim pelo menos vai dar para guardar o celular ou algo mais que eu precise. Mas nada disso tirou meu encanto pelo casaco. Ele e uma simples calça jeans já formam um bom look!

O mais engraçado é que, vendo as fotos, ficou tudo muito rosa, por conta do cabelo que está mais rosa atualmente e do batom. Olhando o tecido de perto, ele me parece mais vermelho, mas a linha que usei para costurá-lo e os botões são vinho. De qualquer forma, gostei demais!

Até o gato do anúncio no metrô era rosa, rs!


Beijos!

_____
Informações:

Anna Ka Bazaar
Endereço: 16 Rue Keller, 75011 Paris, França
Site

9 de dez de 2016

Viagem Craft - Montevideo - Passeio pelo Centro e Jantar de Encerramento!

Olá!

Encerrando esta série de posts sobre a minha viagem craft a Montevideo, aqui está como foi o último dia! Não sei se com vocês é assim, mas parece que no último dia de viagem sempre o clima ajuda e o sol aparece!

Foi ótimo pois aproveitamos mais a área externa do nosso hotel, que era linda e aconchegante!


Queria levar este gazebo para a minha casa!


Hotel lindo por dentro...


E por fora também!


Moda do Uruguai

Tínhamos alguns passeios programados, incluindo conhecer o centro histórico da cidade, conhecido por Ciudad Vieja.

Nossa primeira parada foi na loja da Ana Livni, que já do lado de fora mostra que é do segmento do slow fashion (yay!), ou moda lenta. Lá dentro, muitas criações bem legais em lã, tanto em tricô quanto em feltragem. Os trabalhos com texturas e cores eram lindos e tinha muitas peças com efeitos tridimensionais, incríveis!

 Um Patchwork em forma de tricô, com pontos e materiais lindamente misturados!

Veja se não é lindo demais?!

Ah, logo em frente à loja tem o Museo de Arte Precolombino Indígena. Visitei o museu bem rapidinho, a construção é linda! E a pausa para o café no museu enquanto o pessoal concluía as compras na Ana Livni valeu a pena!


Passeio Craft e Histórico

Na Ciudad Vieja, visitei o Mercado de Los Artesanos (a Ana também já foi, post aqui). Lembrou muito o modelo de loja colaborativa que temos aqui no Brasil, onde vários artesãos colocam as suas peças à venda num espaço coletivo. Aproveitei para comprar lembrancinhas de viagem, como ímas de geladeira e um dedal em forma de ovelha, mas também vendiam acessórios, brinquedos e mais itens de decoração.

Status: Viciada em ovelhas!

Vale a pena também circular pelas ruas ao redor, com construções antigas e mais lojas que vendem peças bonitas com materiais como a lã uruguaia.

 

 

Quem mais adora passear pelo centro histórico das cidades? Eu adoro!

Mas Puro Verso, uma livraria encantadora em construção super preservada!
  
 


 Adorei conhecer a Moebius, um sebo muito charmoso!

As últimas dicas craft que eu deixo por aqui é que vale a pena visitar uma loja no centro chamada Balitex (todos os endereços estão no final do post), com bastante lãs para escolher e também visitar uma das lojas da Manos del Uruguay, que possuem algumas lojas pela cidade (inclusive perto do Mercado de los Artesanos e também nas cidades de Punta e Colonia), onde você encontra lindas peças artesanais produzidas no Uruguai e, eventualmente, mais lãs (rs).


Visita Craft Especial

A última visita que estava em nosso roteiro era no ateliê de Carlos Clavelli. O antigo galpão foi transformado nos anos 80 por ele e a esposa em casa e ateliê, um espaço muito lindo e aconchegante!

Carlos Clavelli trabalha com madeira para fazer peças de escultura e de design, de maneira muito especial. Ele e sua esposa nos receberam para mostrar sua marcenaria (algo muito familiar para mim, deu até saudade da casa dos meus pais na hora) e onde os outros materiais também são usados, como lã e couro.

Chegamos todos lá na expectativa de ver (e comprar) suas lindas ovelhas em madeira e lã. Deixei a minha encomendada, não vejo a hora de recebê-la! Outras lindas peças, sempre com detalhes especiais de encaixe entre elas, estavam lá expostas em seu acervo, deixando todos apaixonados!

Um rebanho de ovelhas, paixão total!

Aqui Carlos, muito simpático, apresenta seu espaço de trabalho.

Dica: as peças dele podem ser encontradas em locais como a Manos del Uruguay e avistamos suas ovelhinhas também nas lojas do aeroporto de Montevideo!


Look do dia

Com o tempo mais aberto, aproveitei para vestir as peças mais leves que eu tinha levado na mala. Usei calça jeans com um dos meus tênis preferidos, camiseta customizada por mim com rendas nos ombros e um lenço de algodão. Usei também uma jaqueta bomber para garantir!

 

Foto da Lica, no Museo de Arte Precolombino e Indígena.

Camiseta Cinza Mescla: Hering, customizada por mim
Lenço: Kit da La Droguerie (Paris)
Calça Jeans: C&A
Jaqueta Bomber: Scotch & Soda (San Francisco)
Tênis: Farm para Adidas


Jantar de Encerramento


Para encerrar esta viagem de maneira muito especial, o último programa era um jantar no hotel Cassino Carrasco, da rede Sofitel. Ele ficava bem pertinho do nosso querido hotel Belmont, tanto que fomos todos a pé até lá. O interessante é que ele foi totalmente restaurado há poucos anos, trazendo de volta a beleza de quando foi inaugurado nos anos 20 e que se transformou em patrimônio histórico da cidade.

Lindo demais!

Aproveitei a ocasião para colocar na mala um look mais arrumadinho para usar nesta noite, que foi muito gostosa!

 

Blusa: Crepe de Seda comprada na Mittus (Rua Augusta), molde da Burda Portuguesa de 11/2013. Mais fotos da peça aqui.Saia-Calça: tecido Bi-strech da GJ Tecidos (Centro - SP), molde da Pantacourt com transpasse da revista Burda de Agosto/2016, modificado por mim. Mais fotos da peça aqui.
Bota: Luiza Perea

Anel: Camila Klein

Lembrando que esta viagem muito especial foi organizada pela Link Viagens Culturais (beijo, Carol!) em conjunto com a Novelaria (beijo Lica e Aida!). Um desejo: voltar a Montevideo!

Beijos!

_____
Informações:

Novelaria
R. Mourato Coelho, 678 - Pinheiros
Site


Link Viagens Culturais
Rua Turi, 229 - Vila Madalena
Site

Hotel Belmont House
Endereço: Avenida General Rivera, 6512, Bairro: Carrasco
Site

Loja Ana Livni
Endereço: 25 de Mayo 280, 11000, Bairro: Ciudad Vieja

Museo de Arte Precolombino e Indígena
Endereço: 25 de Mayo 279, 11000, Bairro: Ciudad Vieja
Site

Mercado de los Artesanos
Endereço: Plaza Cagancha 1365, 11100, Bairro: Ciudad Vieja

Libreria Más Puro Verso  Endereço: Sarandí 675, 11000, Bairro: Ciudad Vieja
Site

Moebius LibrosEndereço: J. Perez Castellano 1432, 11000, Bairro: Ciudad Vieja

Balitex
Endereço: Colónia 1330, Centro

Manos del Uruguay

Taller Clavelli

Hotel Casino Carrasco (Sofitel)Endereço: Rambla República de México 6451, 11500, Bairro: Carrasco

Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails